Resenha: Pinga – Patauá e Moringa

Olá gente! Todo mundo animado para o fim de semana prolongado hem??
Eu sempre tive curiosidade e vontade de experimentar os produtos da Lola Cosméticos, mas ainda não tinha comprado nada.  Mas aconteceu que, na CNB 2015 ei recebi da marca um dos últimos lançamentos, o Pinga! E hoje vim falar dele para vocês.

O Pinga é um óleo multiuso, que pode ser usado como pré ou pós shampoo. O produto está disponível em 3 versões:  Patauá e Moringa; Cenoura e Oliva e Açaí e Pracaxi, olhas as belezinhas aí.


A marca diz: “Pinga na máscara, pinga no creme, pinga na palma da mão”, simbolizando a versatilidade do produto e suas várias formas de uso. Esses óleos podem ser usados como pré shampoo, onde você aplica sobre os cabelos secos, deixa no cabelo por um tempo e depois lava como de costume, pode ser usado pós shampoo, depois de lavar seu cabelo normalmente, pode aplicar diretamente sobre os cabelos molhados, pode misturar na máscara para potencializar sua hidratação, pode misturar no creme de pentear, pode aplicar diretamente nos cabelos secos só para reduzir o frizz e pode ser usado também como protetor térmico. É um produto realmente multiuso.

O meu Pinga! É o Patauá e Moringa, que eu achei perfeito, porque seus componentes são fortificantes e muito nutritivos, proporcionando hidratação e muito brilho.  A marca diz o seguinte sobre essa versão do produto:
“Pinga Patauá e Moringa é um óleo multiuso pré e pós shampoo intensamente hidratante, nutre o cabelo desidratado, proporciona brilho instantâneo e evito o indesejado frizz. Sua textura com toque seco e não oleoso é absorvida instantaneamente pelos fios.”

Quando eu li essa descrição eu pensei: Ham?? Como assim?? Óleo NÃO oleoso??  Pois é gente, para mim não fez sentido, haha, mas enfim, pula essa parte.  


Eu testei esse óleo de todas as formas, e em todas elas o resultado é muito bom, mas para mim, o melhor uso desse óleo é como pré shampoo, ele é perfeito para as etapas de Nutrição dos fios e proporciona uma potencializada Master na hidratação.  
Eu achei incrível que, por mais que seja um óleo mais grosso, meu cabelo realmente absorve o produto e meu cabelo não fica com aspecto sujo e oleoso. Achei muito legal que uma vez, eu resolvi aplicar em todo o cabelo a noite, para lavar o cabelo no outro dia pela manhã, passei bastante, aí claro, na hora, o cabelo fica bem melequento, mas depois o cabelo vai absorvendo, e quando acordei no outro dia, nem parecia que tinha passado óleo, achei incrível.
Mas gente, vale ressaltar que, isso aconteceu no meu cabelo, cada cabelo reage de uma forma, pode ser que com você aconteça exatamente o contrário. Só vamos saber testando ok?

Eu usei muito, o meu acabou essa semana e vou comprar outro em breve. Somente elogios para qualidade desse produto. Detalhe: o cheirinho dele é MA-RA-VI-LHO-SO!
A única coisa que eu não gostei muito foi a embalagem, ou melhor, o conta gotas, (que eu esqueci de fotografar para vocês verem, desculpem) não achei nada prático porque escorre mais produto pelas laterais do que de dentro do conta gotas em si.  Claro que, é o conta gotas caracteriza o produto como “Pinga”, mas não achei muito legal não.

Por hoje é isso gente. Espero muito que tenham gostado.
Lembrando que, segunda feria é feriado, então o primeiro post da Semana que vem acontecerá na quarta ok.

Super Beijo e ótimo fim de semana a todos.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Máscara Red Revival Amend

Resenha: Pó Compacto Micronizado Dailus.

Resenha: Fixador de sombras e Glitter Dailus

Resenha: Máscara Hidratação Sol – Mar - Piscina Acquaflora

Resenha: Sébium Global Bioderma - Tratamento para pele oleosa e acneica.

Curso de Automaquiagem na Sumirê – Dailus.